Prótese de mama: tudo que você precisa saber

Atualizado: Fev 1


Realizar uma cirurgia plástica vai muito além de um resultado estético. Muitas vezes, ela é capaz de renovar a autoestima da paciente e trazer de volta a autoconfiança perdida.


Para se sentirem bem consigo mesmas, muitas mulheres estão em busca de seios mais volumosos e definidos e para isso recorrem à cirurgia de prótese de mama ou implante de silicone.


Mas será que você sabe tudo sobre este procedimento? Criamos esse conteúdo para ajudar a esclarecer suas dúvidas. Vamos lá.


O que é


A cirurgia de prótese de mama, conhecida também como prótese de silicone, é um procedimento estético realizado para aumentar o tamanho das mamas e torná-las simétricas, resultando em seios mais volumosos.


O procedimento é realizado em mulheres que não estão satisfeitas com o tamanho das mamas ou desejam restaurar o volume mamário após grande perda de peso ou gravidez. Contudo, há também os casos de mulheres que precisam reconstruir as mamas devido a alguma doença.


Este é um dos procedimentos mais realizados no país, de acordo com pesquisas recentes da SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica).

Segundo dados levantados pela ISAPS (Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica e Estética), anualmente são realizadas cerca de 220 mil cirurgias de aumento de mama somente no Brasil.


Indicações da prótese de mama


Os números comprovam a grande procura pelo procedimento. Mas o importante é que antes de realizá-lo, você esteja consciente do seu objetivo e de que precisará seguir os cuidados pós-operatórios corretamente após a cirurgia.


Além disso, é fundamental conversar com um médico especialista em uma consulta de avaliação para entender quais soluções são melhores para você.


Este procedimento é indicado para mulheres acima de 18 anos, que já estão com os seios completamente formados.


Para gestantes, a indicação do Conselho Médico é que o procedimento seja feito após o período de amamentação, desde que a paciente espere, no mínimo, 3 meses após o término completo ou 6 meses após o parto, caso não tenha amamentado.


Vale ressaltar que cada caso tem suas particularidades, por isso é imprescindível a realização de uma avaliação médica presencial para uma resposta mais adequada.


Tipos de próteses

As próteses de silicone podem variar de acordo com o formato, tamanho e local de implante. É fundamental que essa escolha seja feita juntamente com o cirurgião plástico.

Durante a consulta, você poderá explicar seus objetivos e o resultado que pretende alcançar.


O médico avaliará o tamanho do seu tórax e a elasticidade da sua pele, para que não surjam estrias após a cirurgia, devido ao tamanho da prótese escolhida ser maior do que seu corpo suporta. Também é comum que ele peça exames para a checagem da sua saúde.


Esse processo garante que o resultado da cirurgia seja saudável para o seu corpo e não prejudique sua estrutura física.


Implante


O implante pode ser realizado de diferentes formas, ficando sempre a critério do médico a indicação da melhor opção para cada paciente.


Existe o implante submuscular, no qual a prótese é inserida abaixo do músculo peitoral, região mais profunda, o implante subglandular, colocado abaixo da glândula, em cima do músculo e o implante subfascial, que é colocado abaixo da fáscia do músculo peitoral.


Formato


Sobre os formatos, existem 3 tipos:

  • Cônico: formato mais ‘pontudo’, fazendo com que os seios sejam projetados para frente;

  • Gota: prótese que imita a aparência natural das mamas e não deixa os seios projetados, nem o colo marcado;

  • Redondo: preenche igualmente todos os espaços, deixando os seios redondos e o colo marcado.

Tamanho


Sobre o tamanho de cada prótese, vale ressaltar que varia de paciente para paciente e depende também do peso que o corpo é capaz de suportar. Próteses maiores impactam diretamente na estrutura do corpo da paciente.


Procedimento de prótese de mama:


O procedimento de prótese de mamas ocorre em 5 etapas:


Anestesia

A anestesia pode ocorrer por sedação intravenosa ou anestesia geral, sendo que a escolha é feita pelo médico, que analisa qual é a mais adequada para cada paciente.


Incisão

As incisões são feitas em áreas discretas escolhidas pelo médico cirurgião, evitando que a cicatriz fique visível. O local da incisão varia de acordo com a escolha de onde a prótese será colocada (submuscular, subglandular, subfascial).


O tamanho do corte varia de acordo com o tipo de implante, o volume a ser colocado e o formato de corpo de cada paciente.


Implante

O implante é inserido no local previamente definido pelo médico.


Finalização

A finalização da cirurgia é realizada com o fechamento das incisões. Para isso, são utilizadas suturas no tecido da mama e suturas, como colas e adesivos para fechar a pele.


Resultados

Os resultados são imediatos, tornando os seios mais volumosos.


Cuidados no pós-operatório

Embora a cirurgia de prótese de mama seja considerada simples, os cuidados pós-operatórios precisam ser respeitados para garantir um ótimo resultado.

  • fazer repouso absoluto por dois dias;

  • não levantar peso;

  • utilizar o sutiã pós-cirúrgico;

  • realizar atividades físicas somente após um mês da cirurgia;

  • tomar as medicações recomendadas pelo médico;

  • fazer o acompanhamento médico do processo de cicatrização.

Depois deste período, volta-se à rotina normal, realizando consultas anuais para acompanhamento do procedimento.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato pelo Tel: 41 3092-3308

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo