Abdominoplastia: entenda os diferentes tipos


A abdominoplastia é um procedimento cirúrgico muito procurado por quem quer melhorar a aparência do abdômen. A cirurgia consiste na remoção do excesso de pele e gordura da região abdominal causados pela perda significativa de peso ou após o período gestacional.


A cirurgia, que está em terceiro lugar no ranking de procedimentos estéticos mais realizados no Brasil, é capaz de melhorar a aparência do abdômen e elevar a autoestima do paciente. No entanto, uma dúvida comum que percebemos em nossa clínica é: quais tipos de abdominoplastia existem?


Tipos de abdominoplastia

Ao todo, existem 3 tipos: a abdominoplastia convencional ou clássica, miniabdominoplastia e, por fim, circunferencial ou belt. Cada uma possui uma finalidade diferente que é escolhida de acordo com a necessidade do paciente durante as consultas iniciais. Vale ressaltar que cada caso tem suas particularidades, por isso é imprescindível a realização de uma avaliação médica presencial. Entenda cada tipo:


Convencional ou clássica

Em primeiro lugar está a abdominoplastia convencional. Este tipo é o mais comum e é capaz de deixar o abdômen com aspecto de “barriga chapada”. A cirurgia retira quantidades moderadas de pele e exige o reposicionamento do umbigo, fator que deixa uma cicatriz longa e curvada no ventre. Ela corrige:

  • Sobra de pele e/ou gordura no abdome inferior;

  • Flacidez e sobra de pele acima do umbigo;

  • Estrias abaixo do umbigo.

Miniabdominoplastia

Em segundo lugar, a miniabdominoplastia é um procedimento consideravelmente menor que a abdominoplastia convencional. Esse método tem uma extensão menor, atingindo apenas a região do ventre (abaixo do umbigo) e é indicado para pacientes que têm pouca flacidez ou pouco acúmulo de gordura. A cicatriz neste procedimento costuma ser menor.


Circunferencial ou Belt

Por fim, a abdominoplastia circunferencial é indicada para pacientes com muita flacidez ou excesso de gordura. O procedimento é realizado por meio de uma incisão que vai desde o abdômen até as costas, atingindo uma área mais extensa.


Qual a diferença entre abdominoplastia e lipoaspiração?

Os dois procedimentos têm finalidades diferentes, mas frequentemente são realizados em conjunto através de uma cirurgia combinada. A abdominoplastia remove a flacidez da pele enquanto a lipoaspiração utiliza um pequeno tubo para aspirar a gordura localizada.


A abdominoplastia emagrece?

Esta é outra pergunta frequente e a resposta é negativa. O procedimento remove o excesso de pele e gordura de pacientes que já perderam peso ou saíram de uma gestação. A combinação de uma boa alimentação e exercícios físicos são o que garante resultados de um abdômen harmônico a longo prazo.


Como é feito o procedimento?

A cirurgia varia de 2 a 5 horas, dependendo do tipo escolhido pelo cirurgião. O tamanho do corte também varia de paciente para paciente e requer anestesia geral para sua realização. O pós-operatório requer cuidados específicos indicados pelo médico cirurgião e devem ser seguidos rigorosamente:

  • Repousar totalmente nos 10 primeiros dias;

  • Uso de drenos para evitar acúmulo de líquidos;

  • Não levantar peso;

  • Evitar tomar banhos nos primeiros dias após a cirurgia;

  • É necessário dormir de barriga para cima;

  • Realizar drenagem linfática;

  • Andar com o tronco levemente curvado;

  • Usar de cinta pós-cirúrgica no primeiro mês.

Depois deste período, volta-se à rotina normal, realizando consultas anuais para acompanhamento do procedimento.

Os resultados se tornam perceptíveis imediatamente. No entanto, no primeiro mês o inchaço é comum devido a cirurgia.


Ficou com alguma dúvida? Entre em contato pelo 41 3092-3308

26 visualizações0 comentário